Análise de risco no desenvolvimento de software

Olá,

Outro dia encontrei um amigo, amigo antigo, de longa data, que me pediu ajuda sobre riscos em projetos. Um amigo dele pediu essa ajuda e ele me deixou de sobre aviso, para qualquer coisa.

Olhando por esse patamar, eu comecei a imaginar se eu encontrasse o amigo dele. De cara, me peguei pensando: o que é risco?

Risco é a possibilidade de um evento acontecer, sem que tu tenha controle, se vai acontecer ou não. Além disso, para que possamos nos preocupar com o risco, é importante ter em mente que ele pode nos trazer problemas. Para evitar o desconforto, o que fazemos é mitigar os riscos. E, para mitigar os riscos, precisamos conhecer todos os eventos que podem acontecer com nosso projeto e que podem nos trazer riscos.

Olha só que ponto bacana: na concepção (principalmente) e durante o projeto, eu preciso estar sempre de olho em eventos que podem ocorrer e trazer algum impacto (inesperado ou previsto) no meu projeto. Seja uma quebra de contrato, um atestado médico ou a falta de internet, meu plano de riscos deve abranger todas as situações possíveis. Além disso, para cada situação imaginada, temos uma determinada frequência e possível impacto (o que vamos ver em outro artigo).

Ou seja: se algum evento inesperado acontecer, eu preciso estar preparado para responder prontamente, sem perder qualidade, tempo e esforço, para que tudo volte a andar normalmente.

E no desenvolvimento de software, onde estão os riscos?

Estão na mesma medida em que testar software é saber exatamente como o sistema vai se comportar, em qualquer situação possível. Sabendo de cada situação, eu tenho o dever de saber qual é a saída esperada, a partir de uma determinada entrada. Não é isso que fazemos com testes?

Já pensou se esquecemos algum teste e ocorre um evento inesperado, com grande impacto no nosso sistema? Sim, seria (e sempre é) triste. Quanto mais tarde começamos a monitorar um risco, mais caro vamos pagar para resolvê-lo e mais tempo vamos precisar para que tudo volte ao normal.

Construir um bom plano de testes é mitigar riscos. Da melhor forma possível.

Alexandre Silva

I'm addicted on SW Engineer, agile and learning, a very good reader of old and good books, and I love to think strategically. I love to be with my family and a like very much to know people from other cultures.