Como fazer o roteiro da sua palestra

Durante a preparação da minha palestra para o TDC POA 2017 (trilha de Design Thinking), eu foquei em uma das “5 ferramentas essenciais por quem fala em público”*: a narração.

A partir da narração, eu pude contar exatamente como surgiu a ideia da minha hipótese, ao juntar LEGO com Visual Thinking. Depois, de optar pela narração, tive outra decisão pela frente: decorar ou não decorar a apresentação?

Na segunda escolha, decidi escrever no papel toda a história que eu ia contar na palestra, como forma de esclarecer melhor a história e aprender a contá-la no tempo certo e com o enredo correto.

Enquanto eu escrevia a minha apresentação, eu vi claramente como tudo aconteceu. Durante a escrita, pude manter a linha central do meu pensamento e definir o nível de detalhes que seriam interessante para a palestra. Depois de escrever tudo, pude ler e reler, estudar e compreender o meu ponto de vista. Ainda, depois de ter o roteiro pronto e estudado, decidi em quais pontos chaves eu iria colocar os slides e só então eu fui buscar o que mostrar.

Parece invertido, né? Mas foi onde eu me senti muito mais confortável e confiante. Pensar nos slides
posteriormente possibilitou que eu avaliasse todo o conteúdo e o amadurecesse na minha cabeça, para que só depois eu pudesse palestrar sem estar guiado pelos slides.

Abaixo está todo o roteiro da minha palestra. Enjoy it! =D

Primeira folha – frente

Primeira folha – verso

Segunda folha – frente (final)

* Fonte: Ted Talks. O Guia Oficial do Ted Para Falar em Público por Chris Anderson 

Alexandre Silva

I'm addicted on SW Engineer, agile and learning, a very good reader of old and good books, and I love to think strategically. I love to be with my family and a like very much to know people from other cultures.